Tencati reclama da arbitragem após derrota para o Bahia

Tencati reclama da arbitragem após derrota para o Bahia

Tencati reclama da arbitragem após derrota para o BahiaFoto: Celso da Luz/ Assessoria de imprensa Criciúma E.C

O Criciúma, depois de aplicar a goleada histórica de 4 a 0 no Vasco pelo Brasileirão, sofreu um revés na noite de terça-feira (30). O Carvoeiro perdeu por 1 a 0 o jogo de ida válido pela terceira fase da Copa do Brasil. A derrota para o Bahia na Arena Fonte Nova deixou o Tigre um pouco mais longe das oitavas de final.

Cláudio Tencati demonstrou a sua indignação com a equipe responsável pela arbitragem de vídeo, comandada por Rodrigo Nunes de Sá (VAR-FIFA), após a partida disputada em Salvador. O técnico reclamou que Marcelo de Lima Henrique não foi sequer chamado para fazer a revisão do lance em que Eder supostamente teria sido derrubado por Luciano Juba dentro da grande área.

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram, Facebook e YouTube

“Não sei o que o pessoal do VAR está fazendo lá porque nem chamar o Marcelo de Lima Henrique para ver as imagens chamaram, tiveram muita convicção para realmente não chamar. Vimos o vídeo e fica claro que o Eder é calçado, tem o toque do adversário na perna do Eder, não tem disputa de bola, não culpo o árbitro, vou pegar no pé de quem estava no VAR”, protestou.

Colocando de lado o possível erro de arbitragem, o profissional destacou o quanto é desafiador ter o Tricolor de Aço como adversário atualmente devido à boa fase da equipe liderada por Rogério Ceni, que vem recebendo aporte financeiro do Grupo City.

“Enfrentar o Bahia aqui no momento que o Bahia tá vivendo não é fácil. Vive um momento fantástico, encaixou um time, uma maneira de jogar. Tem um ataque muito móvel, com bastante dinâmica o meio-campo com ataque, muita qualidade técnica. Acredito que a gente conseguiu conter bastante essa investida”, analisou.

Apesar do resultado desfavorável, o treinador salientou o fato do Criciúma ter perdido somente por 1 a 0, além de enaltecer a importância de decidir a vaga na próxima fase do torneio tendo o apoio da torcida criciumense atuando no Majestoso.

“Ficou em aberto o resultado, é 180 minutos, não se resolveu aqui. Da mesma forma que o Bahia teve a força dele aqui, nós vamos ter no Heriberto Hülse no jogo da volta”, exaltou.

Tencati ainda comentou sobre o próximo compromisso do Tigre. O Carvoeiro vai para o terceiro enfrentamento consecutivo fora de casa, entre as disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. O comandante tricolor falou que mesmo diante da carga de jogos vai usar o que tiver de melhor à disposição para o embate que a sua equipe terá pela frente no final de semana que vem.

“A ideia é levar o melhor que a gente tiver para enfrentar o Grêmio e fazer um grande jogo lá”, afirmou.

O Criciúma vai enfrentar o Grêmio no próximo domingo (5), às 16h, na Arena. O confronto de tricolores valerá pela quinta rodada do Brasileirão. O duelo de volta da Copa do Brasil está marcado para ocorrer no dia 23 de maio, às 19h, no Heriberto Hülse. Em caso de vitória simples sobre o Bahia, o Tigre vai levar a decisão para os pênaltis. Se conseguir vencer por uma diferença maior de gols estará entre os 16 melhores clubes desta edição da competição nacional.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!