Sensação do Campeonato Espanhol, Girona corre risco de sofrer punição

Sensação do Campeonato Espanhol, Girona corre risco de sofrer punição

Artilheiro do Campeonato Espanhol, Dovby comemora um dos seus 19 gols pelo GironaFoto: Lluis Gene/AFP via Getty Images

O Girona faz campanha surpreendente no Campeonato Espanhol e está próximo de confirmar vaga na próxima edição da Champions League. Contudo, a equipe corre o risco de ficar fora da competição. Isso porque recebe acusação de participar de fraude fiscal na contratação do atacante Artem Dovbyk junto ao Dnipro, da Ucrânia, em agosto de 2023.

Inicialmente, o advogado ucraniano Evgeny Kuzmin fez a denúncia junto à Uefa, mas teve como alvo o empresário do jogador, Oleksiy Lundovsky. No caso, o profissional indicou que o representante criou uma empresa na Estônia para receber pagamentos referentes ao negócio. Além de fugir das tarifas que a Ucrânia cobraria pela transação milionária.

Segundo a legislação local, toda quantia envolvendo a negociação precisaria ser depositada em bancos ucranianos. Assim, o advogado explicou a situação.

“O Girona tinha de pagar o montante correspondente pela transferência de Artem Dovbyk. E foi o que aconteceu. A tributação deveria ser efetuada exclusivamente de acordo com a legislação ucraniana. Isto é normal quando o vendedor (Dnipro) é ucraniano, Dovbyk é ucraniano e o agente é ucraniano. Todos os pagamentos devem ser efetuados apenas para contas bancárias ucranianas. Neste caso, não é claro quais documentos foram utilizados para pagar os serviços de agência a uma empresa na Estônia registrada em nome de um agente ucraniano”, esclareceu Kuzmin.

Crime fiscal do empresário

Posteriormente, o jurista especificou a denúncia de tentativa de manobra para evitar as tarifas da Ucrânia por parte do representante.

“Lundovsky também registrou uma residência pessoal na República da Estónia, mesmo vivendo permanentemente e tendo a sua residência principal e única exclusivamente na Ucrânia. De acordo com o Registro Comercial da Estônia, a empresa dele não celebrou quaisquer outros acordos, exceto pagamentos de agência para a Dovbyk. Embora o pagamento devesse ser efetuado a favor da empresa ucraniana em contas bancárias ucranianas, isso não aconteceu e, muito provavelmente, os impostos não foram pagos na Ucrânia”, apontou Evgeny.

“De acordo com estimativas mínimas, a Ucrânia poderá ter perdido um montante muito significativo de receitas orçamentais com esta transferência. Artem Dovbyk não é apenas um jogador da Seleção da Ucrânia, mas também um cidadão da Ucrânia. Por isso, essas ações de Oleksiy Lundovsky podem conter sinais de agressão econômica contra o nosso Estado”, complementou o advogado.

“Estou confiante de que os órgãos competentes da Uefa, aos quais apresentei uma denúncia, investigarão estas infracções e tomarão uma decisão justa e adequada. Espero que a Federação Ucraniana de Futebol preste atenção a esta questão. Como advogado, informei o próprio Oleksiy Lundovsky e o Girona destes fatos por e-mail”, acrescentou.

Possíveis punições ao Girona

Caso haja provas de que houve irregularidades na negociação, o clube espanhol pode sofrer, como sanção, a exclusão de La Liga. Assim como a proibição de disputar torneios continentais.

“A Uefa pode impor sanções ao Girona, ao Dnipro e ao agente Lundovsky. Em nível de clubes (Girona e Dnipro), pode haver a cobrança de uma multa elevada, a privação da licença e a exclusão da participação no campeonato nacional e nos torneios europeus. No caso do agente, este poderá ser privado da sua licença para exercer a sua atividade”, finalizou Kuzmin.

Vale ressaltar que o Girona está perto de confirmar vaga na próxima edição da Liga dos Campeões. Seria uma participação inédita. Atualmente, a equipe se encontra na terceira colocação, com 71 pontos, sendo uma vantagem de 13 pontos para o quinto lugar, o Athletic Bilbao. Ainda restam cinco rodadas para o fim do Campeonato Espanhol.

Até aqui, Dovbyk atuou em 36 jogos pela equipe espanhola e marcou 20 gols. Aliás, ele tem participação fundamental na campanha de destaque do Girona nesta edição de La Liga. Afinal, o atacante é o artilheiro da competição. Em 2023, o clube da Catalunha desembolsou 7,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 40 milhões na cotação do período) para contratá-lo junto ao Dnipro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook .

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!