Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Médico que socorreu Senna dá detalhes chocantes sobre o atendimento

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Ayrton Senna morreu no dia 1º de maio de 1994JEAN-LOUP GAUTREAU / AFP

Três décadas após a morte de Ayrton Senna, ainda surgem detalhes chocantes sobre os momentos após o trágico acidente em Ímola, na Itália. Em entrevista ao canal italiano “Uisp Emilia-Romagna”, o médico socorrista Alessandro Misley, que atendeu o então piloto da Williams, revelou detalhes do resgate naquele 1º de maio de 1994.

Segundo o profissional, de início ele não sabia do quão grave havia sido o acidente, pois até então só tinha visto o corpo de Senna já no chão ao lado do carro. Alessandro explica que participou dos primeiros contatos de acordo com os protocolos da Fórmula 1, e que logo depois o helicóptero chegou no local para levar o tricampeão do mundo.

“A situação era realmente dramática. Do ponto de vista cardiocirculatório ainda estava vivo, mas o sistema respiratório estava inundado de sangue, o que impedia os procedimentos de reanimação respiratória”, disse.

Na chegada ao hospital em Bolonha, norte da Itália, o médico socorrista relembrou momentos de desespero após o sangue de Ayrton Senna acabar vazando para fora do helicóptero.

“Quando o helicóptero baixou a traseira no pouso, o sangue vazou pelo fundo, com o giro dos rotores, borrifou em volta da área de aterrisagem. Me recordo do meu colega de profissão que estava no chão colocando a mão na cabeça de desespero”, detalhou.

Alessandro Misley afirmou também que a equipe médica do hospital pôde fazer manobras sucessivas, mas que Ayrton Senna faleceu duas horas após ser levado ao local.

Entre em nossa página  e confira as principais notícias do esporte no Brasil e no mundo.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE