Fluminense bate o São Paulo, de virada, e conquista a Copa do Brasil Sub-17

Fluminense bate o São Paulo, de virada, e conquista a Copa do Brasil Sub-17

Fluminense fica com o título da Copa do Brasil Sub-17 ao vencer o São Paulo nos minutos finais – Foto: Staff Images / CBF

Em pleno feriado nacional, com direito a forte calor no Raulino de Oliveira, o Fluminense bateu o São Paulo por 2 a 1 , de virada, e conquistou pela primeira vez a Copa do Brasil Sub-17. Gustavo abriu o placar para o Tricolor Paulista, no primeiro tempo, enquanto Isaque, de pênalti, deixou tudo igual na segunda etapa. Nos acréscimos, uma boa trama envolvendo Isaque, Wesley Natã, a bola sobrou para o Riquelme fazer o tento do título da equipe carioca.

Dessa forma, o Tricolor de Laranjeiras consegue dar o troco no adversário, já que o time paulista venceu a decisão de 2020, de virada, também nos acréscimos.

Intensidade dos dois lados

Apesar do forte calor no feriado nacional, Fluminense e São Paulo fizeram um primeiro tempo de muita correria e chances de ambos os lados. Nos primeiros minutos, Lucca recebeu em profundidade e arriscou a finalização, entretanto Gustavo Félix mandou para escanteio. Pelo lado do Tricolor de Laranjeiras, Matheus Reis fez boa jogada ao deixar Igão no chão e cruzar rasteiro. Isaque arriscou, mas a defesa conseguiu afastar.

São Paulo na frente

Em uma triangulação entre Gustavo, Tetê e Igor, o lateral do São Paulo finalizou em cima do goleiro do Fluminense, que afastou o perigo. Minutos depois, a equipe paulista abriu o placar na decisão. Após cobrança de escanteio, Gorgulho tirou, mas Samuel escorou para Gustavo estufar a rede no Raulino de Oliveira.

Em cima da linha

Ao longo do primeiro tempo, as duas equipes tiveram algumas chances de balançar a rede logo após o gol do Tricolor Paulista. Nesse sentido, a melhor delas saiu dos pés de Matheus Reis, que fez bonita jogada individual. Depois de deslocar o goleiro João, o jogador finalizou com perigo, mas o zagueiro Hugo salvou em cima da linha.

Tudo igual no placar

Na volta do intervalo, o Fluminense chegou ao empate. Em rápida jogada de ataque, os comandados do técnico Felipe Canavan surpreenderam, e Caio Borges entrou na área. Na área, Nicolas derrubou o jogador, e o árbitro assinalou pênalti. Isaque, artilheiro da competição com 6 gols, foi para a cobrança de deixou tudo igual.

Não valeu!

O Tricolor de Laranjeiras chegou novamente com perigo. Erick Silva escapou pela esquerda e cruzou na área para Kelven Samuel, Assim, o jogador invadiu a área e bateu para a defesa de João. No rebote, Matheus Reis chutou, porém Nicolas impediu a virada. Na sequência, o São Paulo chegou com Igor, que estufou a rede, mas o árbitro assinalou irregularidade na jogada.

Vence, o Fluminense

Depois do goleiro Gustavo salvar a equipe carioca em duas chegadas do São Paulo, o Fluminense conseguiu o gol da virada nos minutos finais. Em boa trama envolvendo Isaque, Wesley Natã e Riquelme, a bola sobra para o camisa 10 bater no contrapé de João e fez o gol do título.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!