Thiago Silva e Diniz no Juventude? 7 ‘achados’ do guia do Brasileirão de 2004

Thiago Silva e Diniz no Juventude? 7 ‘achados’ do guia do Brasileirão de 2004

Thiago Silva e Diniz no Juventude? 7 ‘achados’ do guia do Brasileirão de 2004Foto: Reprodução

O Campeonato Brasileiro de 2024 está prestes a começar e enquanto a redação de PLACAR acelera para fechar o guia da competição, o blog #TBT, que todas as quintas-feiras recupera um tesouro de nossos 54 anos de arquivos, vasculhou a edição de 20 anos atrás – e não se arrependeu. O Brasileirão de 2004, o segundo realizado por pontos corridos, vencido pelo Santos, revelou uma série de estrelas do futebol nacional (e ajudou a aposentar outras tantas).

Um dos casos mais emblemáticos é o do Juventude, que em 2024 está de volta à elite. Há duas décadas, o clube de Caixas do Sul contava com uma jovem promessa em sua defesa, Thiago Silva, então com 19 anos, e um atleta experiente no ataque, Fernando Diniz, de 30. Curiosamente, a torcida do Fluminense sonha com este reencontro em 2024 – o defensor de 39 anos está em fim de contrato com o Chelsea e pode retornar ao time dirigido por Diniz.

Outro grande “achado” vem do Criciúma, outra equipe de volta à elite 20 anos depois. O destaque do time catarinense era Douglas, com uma definição que se mostraria polêmica ao destacar sua “boa noção de marcação.” Então com 22 anos, ele brilhou na competição, mas não conseguiu evitar o rebaixamento do Tigre. Anos depois, Douglas viraria ídolo de Corinthians e Grêmio.

O guia de 20 anos atrás conta com alguns atletas que ainda estão em atividade. O Brasileirão de 2004 marcou o início da carreira de Jô, revelação do Corinthians, então com 17 anos. No ano seguinte, ele conquistaria o primeiro de seus dois títulos brasileiros pelo Timão. Jô jogará a Série B de 2024 pelo Amazonas Futebol Clube, aos 37 anos.

Outra promessa daquela edição era Felipe Melo. O então meia de 20 anos aparece no guia no elenco do Cruzeiro, pelo qual fora campeão brasileiro no ano anterior. Ele, porém, terminaria aquele campeonato pelo rebaixado Grêmio. Aos 40 anos, Felipe Melo segue em atividade pelo Fluminense, batendo importantes marcas ano após ano.

Um nome importante, recém-aposentado dos gramados, que quase passa batido no guia está nas páginas do Figueirense. Com um corte de cabelo bem diferente, o lateral-esquerdo Filipe Luís (era conhecido apenas como Filipe) tinha 18 anos. Este foi o único Brasileirão disputado por ele pelo time que o revelou, antes de se firmar no futebol europeu e retornar ao país pelo Flamengo.

 

O Brasileirão de 2004 teve o Santos de Robinho e Ricardinho como campeão e o Athletico-PR (então grafado como “Atlético) como vice. O Furacão tinha uma equipe repleta de jovens talentos, como Fernandinho (atual capitão do time), Jadson e Dagoberto.

Outra surpresa daquela edição foi o Goiás, que terminou em sexto. Apesar de ter perdido nomes importantes da temporada anterior, como Danilo, Grafite, Dimba, Araújo e o técnico Cuca, o Esmeraldino manteve bons valores no elenco, como Paulo Baier, André Dias, Alex Dias e Rodrigo Tabata. O destaques escolhido no guia PLACAR foi o volante Josué, que anos depois faria história pelo São Paulo.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!