Luiz Henrique, do Botafogo, admite que ainda não está 100%

Luiz Henrique, do Botafogo, admite que ainda não está 100%

Luiz Henrique foi titular nos dois últimos jogos do Botafogo na Libertadores Foto: Vítor Silva/Botafogo

Contratação mais cara de todos os tempos no futebol brasileiro, Luiz Henrique ainda não correspondeu às expectativas. Após a derrota para a LDU por 1 a 0, na quinta-feira (11), no Casa Blanca, pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores, o atacante explicou o motivo pelo qual ainda não explodiu no Botafogo.

Segundo o astro, a lesão na panturrilha esquerda o atrapalhou. No dia 14 de fevereiro, contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca, ele foi acometido pela contusão. Voltou há duas semanas, disputou três jogos e não conseguiu mostrar o melhor futebol.

“Minha volta depois da lesão está sendo um pouco difícil até para me adaptar ao jogo de novo, aos treinos. Mas estou dando meu melhor. Semana que vem vou voltar para o Brasileirão, um campeonato que eu já conheço, já disputei. Fui muito bem nele e espero continuar assim. Falta um pouquinho para eu terminar de me adaptar ao futebol brasileiro. Mas sei que vou trabalhar cada dia que passa para estar 100% e ajudar o Botafogo”, prometeu.

O novo esquema do Botafogo

Além da readaptação aos gramados, Luiz Henrique também terá que se acostumar com os novos métodos de trabalho. Afinal, em seu primeiro jogo à frente da equipe, o técnico Artur Jorge colocou quatro atacantes, juntos, em campo. Decerto que uma novidade para o astro alvinegro.

“Sobre a opção de quatro atacantes, o treinador vem nos passando e tem sido muito boa. É o primeiro jogo dele e nosso com ele, mas sei que essa formação vai dar certo. Ele pediu para eu jogar mais pelo meio, mas ele também está movimentando eu e Jeffinho atrás da linha do meio. Vamos seguir em frente e vamos melhorar”, comentou o jogador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!