Grêmio perde a segunda na Libertadores e se complica no grupo

Grêmio perde a segunda na Libertadores e se complica no grupo

Grêmio perde a segunda na Libertadores e se complica no grupoFoto: Divulgação / Huachipato

Em seu segundo jogo na atual edição da Libertadores, o primeiro como mandante, o Grêmio recebeu o Huachipato, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Precisando vencer depois da derrota na estreia, o tricolor gaúcho não teve uma atuação boa e acabou saindo de campo derrotado mais uma vez. Com dois gols no primeiro tempo, o Huachipato venceu pelo placar de 2 a 0 e complicou ainda mais o tricolor.

Atuando com o apoio da sua torcida, o Grêmio partiu para cima da equipe chilena desde os primeiros minutos e quase marcou logo no começo. Após cruzamento de Galdino, Soteldo cabeceou e carimbou a trave. O lance até animou a torcida do Grêmio, mas não demorou para o Huachipato sair em vantagem.

Siga o Esporte News Mundo no Instagram, Twitter, Facebook e Youtube

Com 12 minutos, após bola levantada na grande área, a defesa do Grêmio fez um corte parcial e Loyola chutou de primeira para marcar um belo gol: Huachipato 1 a 0.

Agora com a vantagem que procurava durante o jogo, a equipe chilena passou a administrar a posse de bola e pouco se lançava ao ataque, também evitando chegadas de maiores perigos do Grêmio. Aos 20, em lançamento para o ataque, Diego Costa quase conseguiu ganhar a jogada do goleiro Parra, que saiu e defendeu.

O Grêmio tentava se organizar e teve outra boa chance aos 26 minutos, quando João Pedro tabelou com Galdino e tocou na área para Cristaldo, que bateu sem direção e mandou pra fora. O técnico Renato Gaúcho foi obrigado a mexer na equipe por questão de lesão: Cuiabano entrou no lugar de Mayk.

De tanto insistir, o Grêmio conseguiu balançar as redes, mas o gol foi anulado. Cuiabano recebeu pela esquerda e cruzou para Cristaldo, que carimbou o travessão. Na sobra, Villasanti mandou para a rede. O lance, no entanto, foi anulado por impedimento.

Quando tudo parecia encaminhado para uma vitória simples do Huachipato no primeiro tempo, o time chileno ampliou. Já nos acréscimos, Díaz cobrou lateral, a defesa afastou, mas Montes conseguiu chutar no cantinho e fazer o segundo: Huachipato 2 a 0.

Na volta para o segundo tempo, o Grêmio voltou com duas alterações: Gustavo Nunes e Pepê entraram nos lugares de Galdino e Pedro Geromel. No Huachipato, Martínez foi para o lugar de Vargas.

Tendo que correr em busca do resultado, o Grêmio criou sua primeira boa chance aos três minutos, quando Diego Costa tocou para Cristal bater sem perigo. No entanto, aos oito, o Huachipato quase chegou ao terceiro quando Maxi Rodríguez recebeu na frente, mas chutou por cima.

O atacante Gustavo Nunes, que foi lançado por Renato Gaúcho no intervalo, começou a aparecer no jogo e teve boas chances para descontar. A principal delas foi aos 26, quando o jogador dominou e chutou. A bola tocou em Malanca e foi para escanteio. Precisando de novidades, o Grêmio fez suas duas últimas alterações: Nathan Fernandes e Pavón nas vagas de Soteldo e Cristaldo.

Aos 33 minutos, o Huachipato marcou com Maxi Rodríguez, que recebeu na frente e bateu na saída do goleiro para fazer o terceiro. No entanto, o lance foi anulado por impedimento do atacante da equipe chilena. O Grêmio ainda tentou descontar no final, mas não conseguiu evitar a vitória do Huachipato.

Com a derrota, o Grêmio segue sem pontuar na Libertadores em duas partidas e está na última colocação do grupo C. O Huachipato agora lidera com quatro pontos conquistados, assim como o The Strongest, mas levando vantagem no saldo. Na próxima rodada, o Grêmio visita o Estudiantes, da Argentina.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!