Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Fortaleza reage a Textor e cogita medida judiciais contra o empresário

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
John Textor coloca jogos do Brasileirão-2022 e 2023 sob suspeitas Foto: Vitor Silva/Botafogo

John Textor segue atirando para todos os lados. Na segunda-feira (1), o dono da SAF do Botafogo apontou, sem provas, jogos com suspeitas de manipulação de resultados nas últimas edições do Campeonato Brasileiro. Em um deles, o Palmeiras venceu o Fortaleza por 4 a 0, no Allianz Parque, quando já era campeão nacional, em 2022. Em nota, o Leão do Pici reagiu às insinuações do mandachuva alvinegro e reforçou a falta de evidências nas ilações do magnata.

O Fortaleza, então, cobra que o norte-americano apresente as provas, caso, claro as tenha. O clube lamenta as falas do dirigente do Botafogo, descarta qualquer envolvimento de seus atletas em algum suposto esquema de fraude e promete tomar as ações jurídicas cabíveis, caso necessário.

Textor abre fogo

Esta não é a primeira vez que Textor contesta a lisura do futebol brasileiro. No mês passado, Textor afirmou que dispões de áudios de árbitros reclamando que não receberam propina. O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) exigiu a entrega dos documentos. Porém, o norte-americano entende que o tribunal não tem competência para analisar o caso na esfera criminal. Assim, ele assegurou que deixará as supostas provas no Ministério Público.

Já no ano passado, Textor contratou uma empresa francesa que avalia a arbitragem dos jogos, baseada em inteligência artificial. Na conclusão da análise, o Botafogo deveria ter 21 pontos a mais que o Palmeiras no Brasileirão 2023. O dirigente entregou o relatório ao STJD, que arquivou o caso.

Em contrapartida, enquanto o mundo do futebol ironiza e responde às insinuações de Textor, o Senado Federal vai abrir uma CPI da Manipulação de Resultados no Futebol. A casa parlamentar afirma que a comissão poderá começar neste mês.

Mais de 100 partidas de futebol disputadas em 2023 estão sob suspeita de manipulação para favorecer apostadores. CPI da Manipulação dos Jogos de Futebol deve ter início em abril. Ouça: https://t.co/7BygPxkobN pic.twitter.com/NOtlPBXSbf

— Senado Federal (@SenadoFederal) April 2, 2024

Confira o posicionamento oficial do Fortaleza na íntegra:

O Fortaleza repudia de forma veemente as declarações do Sr. John Textor, dono da SAF do Botafogo, que acusa atletas do tricolor de estarem envolvidos em esquema de manipulação de resultados.

Lamentamos que essas afirmações proferidas, sem a apresentação de quaisquer provas, possam macular a reputação de nossa instituição centenária, gerando assim danos na imagem do clube. Não acreditamos nessa forma de fazer futebol, preferimos o caminho da verdade, e caso o Sr. John Textor tenha provas, que as apresente para que os culpados sejam punidos.

O Fortaleza Esporte Clube espera que tudo seja esclarecido de forma legal, e caso necessário, tomará todas as medidas judiciais cabíveis.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE