Em jogo com duas viradas, Barcelona saí na frente do PSG jogo de ida do primeiro jogo das quartas da Champions

Em jogo com duas viradas, Barcelona saí na frente do PSG jogo de ida do primeiro jogo das quartas da Champions

Em jogo com duas viradas, Barcelona saí na frente do PSG jogo de ida do primeiro jogo das quartas da ChampionsFoto: Franck Fife/AFP via Getty Images

No primeiro jogo das quartas de finais da Champions League, o Barcelona venceu o Paris Saint-Germain em jogo impressionante com duas viradas por 3 a 2. Raphinha teve grande atuação e anotou dois gols para o time catalão enquanto Christensen fez o terceiro gol. Enquanto Dembélé e Vitinha marcaram para o time parisiense. O PSG não era derrotado há cinco meses, seu último revés foi em novembro do ano passado ao ser derrotado por 2 a 1 para o Milan, no San Siro, em duelo pela fase de grupos da Champions.   

O jogo começou com o PSG jogando no ritmo de sua torcida que cantou alto e empurrou a equipe, o time se lançou ao campo de ataque e tentou criar chances, mas não criou chances que exigiam Ter Stegen a fazer grandes defesas. O Barcelona, por outro lado, optou por não ter a posse de bola e jogar no contra-ataque, principalmente, pelo lado direito com Raphinha que foi muito acionado na primeira etapa. O brasileiro abriu o placar após erro de Donnarumma, com isso o Blaugrana foi em vantagem para o segundo tempo.   

O segundo tempo do jogo foi emocionante, o PSG foi para cima nos primeiros minutos da etapa final e chegou a abrir 2 a 1 e parecia que iria ampliar a vantagem. No entanto, Xavi foi muito bem em suas mexidas e suas substituições funcionaram. Primeiro Pedri, um dos jogadores que entraram ao decorrer do jogo, lançou Raphinha que empatou a partida. Aos 31, outro jogador que veio do banco fez a diferença. Christensen apareceu na área após o escanteio para virar o jogo para o Blaugrana. Após a virada o PSG não conseguiu criar muitas chances e jogo terminou 3 a 2 para o time catalão.   

1° TEMPO

O primeiro tempo começou com o Paris Saint-Germain tendo mais a posse de bola. Com um minuto de jogo, após cobrança, Fabián Ruiz desvia de cabeça, e Cubarsí afastou o perigo e mandou para escanteio.Três minutos depois, Mbappé recebeu na área e chutou rápido, no entanto o carue francês não acertou o gol e Ter Stegen só acompanhou a bola indo para fora. O goleiro alemão foi obrigado a fazer sua primeira defesa no jogo um minuto depois. Kang-In Lee arriscou da entrada da área, mas chutou em cima do goleiro. Aos 10, os parisienses obrigaram mais uma vez o arqueiro alemão a trabalhar. Asensio arriscou forte de fora da área, mas chutou em cima de Ter Stegen. 

Aos 18, Nuno Mendes fez grande jogada individual, dando um drible por baixo das pernas de Koundé, mas foi travado por Araújo na sequência. Após isso, o Barcelona cresceu no jogo e criou chances claras de gol. Primeiro, em contra-ataque, Lewandowski lançou Raphinha, que partiu para cima de Marquinhos e chutou cruzado, mas travado pelo zagueiro brasileiro. Isso gerou um escanteio, após a cobrança, Lewandowski subiu mais alto que todo mundo e tocou de cabeça, a bola ia entrar, mas Nuno Mendes afastou em cima da linha. Dois minutos depois, Raphinha arriscou de longe e Donnarumma foi no cantinho para fazer grande defesa. 

Aos 28, Kang-In Lee arriscou de dentro da área e Ter Stegen fez a defesa. No rebote, foi derrubado, mas não foi marcado pênalti pelo craque francês estar impedido. Aos 34, Raphinha chegou batendo após o escanteio, e tentou o um chute, mas bloqueado na hora da finalização. Dois minutos depois, aos 36, o Barcelona abriu o placar. Lamine Yamal foi lançado e tentou o cruzamento. Donnarumma saiu mal do gol, e a bola sobrou para Rafinha que chutou de perna direita para abrir o placar para o Barça. 1 a 0 Barcelona. 

Os últimos cinco minutos do primeiro tempo foram marcados pelas defesas de ambos os times trabalhando bem e não deixando seus adversários criarem chances claras. Além das equipes tomarem decisões erradas na hora do último passe. O árbitro inglês Anthony Taylor deu dois minutos de acréscimos.  

2° TEMPO

PSG começou o segundo tempo fazendo uma blitz no Barcelona, e funcionou e virou o jogo em três minutos. O primeiro saiu após Dembélé acionar Mbappé pela direita ele tocou para o meio da área Araújo afastou em cima do camisa 10 que se livrou da marcação de De Jong e bateu forte sem chance para Ter Stegen para empatar o jogo. Lei do ex. 1 a 1.  Três minutos depois veio a virada dos Parisienses, após troca de pases Fabián Ruiz assinou Vitinha dentro da área que virou para o PSG. 2 a 1. Após os gols, o Paris continuou pressionando buscando o terceiro gol. Aos nove, Barcola  recebeu pela direita e chutou forte na entrada da área para a boa defesa de Ter Stegen que espalmou para o alto. 

Aos 15, Xavi decidiu fazer duas substituições importantes. Saíram Lamine Yamal, que não jogou bem, e Sergi Roberto amarelado. Em seus lugares entraram João Felix e Pedri. Logo um minuto depois, uma das substituições surtiu efeito.  Pedri lançou Rapina que passava pela direita, brasileiro foi ao encontro da bola e bateu de primeira para igualar o marcador. 2 a 2.  

Dez minutos depois do gol, o PSG quase voltou à frente do marcador. Vitinha lançou Barcola, que invadiu a área, mas na hora da conclusão foi bloqueado por Araújo. O Barcelona respondeu três minutos depois, João Félix recebeu com libertadade fora da área, ele arriscou de longe e Donnarumma fez a defesa. O PSG respondeu na sequência. Vitinha desta vez lançou Dembélé que chapou na trave. 

Após isso, Xavi fez outra substituição que causou efeito no jogo. Andreas Christensen entrou na vaga de Frenkie De Jong. E logo dois minutos depois, aos  31 o dinamarquês virou o jogo pela segunda vez. Após escanteio cobrado por Gündoğan, o defensor apareceu entre a defesa parisiense para virar o jogo para o Blaugrana. 3 a 2. 

Após a segunda virada no jogo, nenhuma equipe conseguiu criar chances de gols com substituições, faltas, cartões amarelos e um pedido de pênalti acontecendo neste período do jogo. Aos 41, Dembélé  enganou Koundé dentro da área e bateu colocado, mas a bola passou longe do gol. 

Anthony Taylor deu quatro minutos de acréscimos no segundo tempo. Neste período o PSG rondou a área do Barcelona, mas só conseguiu criar uma chance clara de gol. Aos 47, Mbappé recebeu fora da área, mas a bola desviou em Araujo e passou a direita de Ter Stegen. Após isso, o Barcelona conseguiu segurar a bola na frente até o apito final do árbitro inglês. Placar final: Paris Saint-Germain 2 x Barcelona 3.

Com o resultado, o Barcelona tem a vantagem do empate do jogo da volta, qualquer resultado que termine empatado classifica o Blaugrana para a Semifinal da Champions League . Já para o Paris Saint-Germain só a vitória interessa no jogo da volta entre as duas equipes. 

A partida de volta entre Barcelona x Paris Saint-Germain será disputa na próxima terça-feira (16), no Estádio Olímpico Lluís Companys, em Barcelona, às 16h (horário de Brasília). 

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!