Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Advogados de Robinho vão ao STF contra a prisão do ex-jogador

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Robinho está preso há 14 dias Foto: Reprodução

Os advogados do ex-jogador Robinho vão novamente recorrer junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e pedir a revogação da prisão do ex-atleta. Robinho está preso há 14 dias condenado a nove anos de prisão pelo crime de estupro coletivo, na Itália.

Os advogados, afinal, voltam a recorrer da decisão do ministro Luiz Fux. No último 22 de março, o mesmo ministro rejeitou o pedido de liberdade para Robinho. O novo recurso será novamente analisado por Fux.

Em março, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela prisão de Robinho no Brasil, embora o crime tenha sido cometido e julgado na Itália. A Corte Especial brasileira, afinal, julgou o pedido do Ministério Público de Milão e homologou a sentença. Dos 11 ministros, nove foram favoráveis à prisão.

O crime ocorreu em 2013, quando o ex-jogador era atleta do Milan. A Itália chegou a pedir ao governo brasileiro a extradição, no entanto, a legislação brasileira não permite. Depois, a alternativa foi pedir a prisão no Brasil.

Robinho está em cela comum

O ex-atleta já está na companhia de outros presos, na penitenciária 2 de Tremembé, a 150 km de São Paulo. Agora, ele também poderá receber visita de familiares nos dias e períodos estabelecidos. Além disso, Robinho vai realizar as atividades propostas e tomar banho de sol e atividades para reintegração.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE