Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Vini Jr chora ao falar sobre luta contra o racismo no futebol espanhol

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Vini Jr chora ao falar sobre luta contra o racismo no futebol espanholFoto: Pierre-Philippe Marcou/AFP via Getty Images

O atacante Vinícius Júnior foi o escolhido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para falar com os jornalistas nesta segunda-feira (25), véspera do amistoso diante da Espanha, que será disputado do estádio Santiago Bernabéu, casa do Real Madrid. Jogando no futebol espanhol nas últimas quatro temporadas, Vinícius Júnior tem sido vítima constante de racismo e chorou ao abordar o assunto.

O atacante do Real Madrid será figura importante no jogo não apenas por atuar no estádio do clube merengue, mas justamente por ser central no combate ao racismo. O jogo não terá apenas uma conotação esportiva, mas também será usado para ações antirracistas.

+ Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

— É uma questão cada vez mais triste. A cada dia que passa, tenho menos vontade de jogar. É mesmo muito triste o que eu venho passando a cada jogo, a cada dia, a cada denúncia vai aumentando. Não é só por mim, mas todos os negros que sofrem no dia a dia. Se fosse só por mim e pela família, não sei se continuaria. Mas fui escolhido para defender uma causa bem importante e que eu estudo a cada dia para que no futuro meu irmão de cinco anos não passe pelo que estou passando — comentou Vini Jr.

O atacante falou também sobre a falta de punição, questão que, de acordo com Vini Jr, tem sido fator fundamental para que o racismo não seja de fato combatido.

— Se a gente punir todas essas pessoas que cometem crime, e aqui eles não consideram crime, vamos começar a evoluir, tudo vai ficar melhor para todo mundo. Faço tantas denúncias, muitas vezes chegam cartas para fazerem mais denúncias, mas no final acontece como aconteceu com meu amigo em Barcelona, eles arquivam o processo e ninguém sabe de nada. Muitas vezes aqui tem criança me xingando e eu não culpo a criança, porque eles não entendem, eu na idade deles não entendia o racismo. É complicado — avaliou o jogador.

O Brasil enfrenta a Espanha na próxima terça-feira (26), às 17h30 (de Brasília), no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid. Este será o segundo amistoso sobre o comando do técnico Dorival Júnior. Na primeira partida, a Seleção Brasileira venceu a Inglaterra, em Wembley.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE