Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Leila volta a cobrar punição para Daniel Alves e Robinho: ‘Cadeia’

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Leila volta a comentar sobre Daniel Alves e Robinho: ‘Tem que ir à cadeia’Rafael Ribeiro / CBF

Leila Pereira está ocupando o cargo de chefe de delegação da seleção brasileira nesta Data Fifa, e se pronunciou sobre os casos de Robinho e Daniel Alves. Após dizer que a liberdade condicional de Alves na Espanha ‘foi um tapa na cara das mulheres’, Leila voltou a comentar sobre o assunto e exigiu punições. 

Veja uma galeria de fotos de Leila Pereira: 

“O caso do Daniel Alves, volto a repetir, é um tapa na cara de todas nós mulheres. Se acontecer realmente o que estão noticiando, é um absurdo, um passaporte para cometer um crime. Paga e você é solto. Isto não pode acontecer, mas não adianta eu falar, só. Todas nós temos que falar, peço a todas as mulheres, vocês da imprensa também têm responsabilidade. Não posso falar sozinha, não vou conseguir solucionar o problema da violência contra a mulher sozinha”, disse Leila ao ‘Seleção SporTV’. 

Para a presidente do Palmeiras, é um absurdo um criminoso ser condenado e não cumprir a pena que lhe foi imposta: “É um absurdo você cometer um crime, ser condenado, não estamos falando de um processo, mas de uma condenação. Não acredito que você combata a criminalidade sem a punição – e severa. A pessoa tem que pagar, mas não financeiramente. Condenado tem que ir para a cadeia”, disse a mandatária. 

Até esta sexta-feira (22), Leila havia sido o único membro da CBF a se pronunciar sobre o assunto envolvendo os dois jogadores que já atuaram em Copa do Mundo pela seleção brasileira. 

“O mundo do futebol é muito permissivo, é um glamour grande em cima de todos. Eu tenho a cabeça feita, não é o futebol que vai mudar, mas até pessoas amadurecidas mudam. É muita gente em cima, muitos interesses. Quem não tem a cabeça firme, por isso a importância do trabalho que fazemos na base, isto não vai acabar. Sem a certeza da punição, vai acabar nunca. Deixa as portas abertas para cometer o crime, pagar e ficar livre”, concluiu. 

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão na Espanha, pelo crime de violência sexual contra uma mulher, mas ganhou o direito de liberdade provisória até o fim do julgamento dos recursos. 

Já Robinho, foi preso nesta quinta-feira (21) após a homologação da sua pena no Brasil, e a Justiça Federal expedir o mandado de prisão a nove anos de cadeia em regime fechado. A decisão ainda cabe recurso para a defesa do ex-jogador. 

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE