Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Juan Jesus e Acerbi depõem após acusação de racismo na Itália

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Juan Jesus e Acerbi tentaram resolver situação dentro de campo no San SiroFoto: Reprodução/SPORTMediaset

Após acusação de racismo no Campeonato Italiano, os zagueiro Juan Jesus e Francesco Acerbi falaram em depoimento nesta sexta-feira. O brasileiro, que joga no Napoli, diz que o italiano, da Inter de Milão, o ofendeu no último domingo, quando as equipes se enfrentaram.

Juan Jesus informou ao árbitro Federico La Penna, aos 15 minutos do segundo tempo, que Acerbi teria o chamado de “negro”. A partida, afinal, terminou empatada em 1 a 1 no San Siro.

Acerbi falou por cerca de uma hora para Procuradoria da Federação Italiana de Futebol (FGIC) em videoconferência. O defensor estava acompanhado de Agnello Capellini, advogado do clube, e Giuseppe Marotta, CEO da Inter de Milão.

Juan Jesus, porém, deu depoimento de 30 minutos, também de maneira virtual. O brasileiro, que jogou na Inter de Milão entre 2011 e 2016, reafirmou que ouviu insultos racistas por parte do atleta adversário.

A Procuradoria da FGIC agora se prepara para apresentar as considerações finais à Justiça italiana. Segundo a “Gazzetta dello Sport”, aliás, a expectativa é de que o caso tenha um desfecho já nos próximos dias.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE