Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Inter perde nos pênaltis para o Juventude e está fora do Gauchão

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Internacional e Juventude empataram no tempo normal e a vaga foi decidida nos pênaltisFoto: Fernando Alves/ECJuventude

O Juventude está nas finais do Campeonato Gaúcho após oito anos. Na noite desta segunda-feira (26), o clube da Serra Gaúcha empatou em 1 a 1 com o Inter em pleno Beira-Rio e, na decisão por pênaltis, venceu por 6 a 5. Para o Inter, todavia, restou o gosto amargo de sequer chegar à final da competição pelo terceiro ano seguido, fato inédito na história do clube. No tempo normal, em resumo, Zé Marcos abriu o placar no primeiro tempo e Renê, na segunda etapa, empatou para o Colorado. Nos penais, Mercado acertou a trave e Robert Renan, ao tentar uma cavadinha, desperdiçaram para o Internacional. Por fim, na cobrança decisiva, Kelvin colocou o Juventude na final.

Com o resyltado, o clube aguarda o vencedor de Grêmio e Caxias para conhecer o seu adversário na decisão. O Tricolor Gaúcho venceu o jogo de ida e tem vantagem do empate nesta terça-feira, na Arena. O Inter, afinal, volta a campo apenas em 2 de abril, diante do Belgrano, pela Sul-Americana.

 

Juventude supera Inter no primeiro tempo

As duas equipes fizeram um primeiro tempo de boas oportunidades desperdiçadas e, além disso, grande alternância no domínio das ações nos primeiros minutos. Só que quem ameaçou primeiro foi o Inter, em conclusão de Wanderson que o goleiro Gabriel espalmou para escanteio aos 12 minutos. Aos 16, os vistiantes responderam com Edson Carioca, que acertou a trave e em seguida viu Vitão salvar em cima da linha.

A partir daí o Juventude passou a ameaçar mais. Aos 22 Alan Ruschel fez bela finalização, obrigando Rochet a salvar para escanteio. O gol do time da Serra Gaúcha estava maduro e veio aos 30. Alan Ruschel cobrou escanteio e Zé Marcos testou certeiro. A abertura, por fim, do placar esfriou o primeiro tempo e as equipes não criaram nada digno de registro até o intervalo.

Segundo tempo

O segundo tempo começou em ritmo infetior ao início do primeiro. Todavia, as coisas mudaram aos nove minutos. Em cobrança ensaiada de falta, Aranguiz recebeu pelo lado direito da intermediária e cruzou para Renê, livre, empatar a partida. O gol da virada poderia ter saído aos 12, mas Maurício, dentro da área, isolou ao pegar rebote de jogada de Enner Valencia. No minuto seguinte foi a vez de Bustos testar o goleiro Gabriel ao mandar uma bomba da intermediária, mas o arqueiro espalmou.

Aos 30 minutos, entretanto, Maurício, do Internacional, foi expulso após se envolver em confusão com Nenê. Inicialmente o árbitro Anderson Daronco dera amarelo aos dois jogadores. Todavia, atendeu orientação do VAR e trocou a cor do cartão do meia colorado. O Juventude, em vantagem, esteve perto do segundo gol aos 37, quando Rildo tabelou com Nenê e, mesmo com pouco ângulo, bateu e Rochet fez bela defesa. Mas o jogo acabou indo para a decisão por pênaltis.

Juventude vence nos penais

Nos penais, Alan Patrick fez Inter 1 a 0, Gilberto empatou marcou o segundo do Colorado, em seguida Rochet pegou a cobrança de Alan Ruschel e Mercado bateu na trave. Um erro para cada lado. A próxima cobrança foi de Rildo, para o Juventude, e ele empatou a série em 2 a 2. Na quarta cobrança do Inter, Wanderson converteu no meio do gol. Só que Jadson empatou em 3 a 3. Na sequencia, Enner Valencia fez o quarto para os mandantes. A próxima batida foi de Nenê e ele fez o quarto do Juventude.

Bruno Gomes abriu as eliminatórias e fez 5 a 4. Kleiton, 5 a 5. Por fim, Robert Renan errou em cobrança com Cavadinha defendida por Gabriel e Kelvin marcou o gol da classificação do Juventude para a final do Gauchão.

Internacional 1 (5) X (6) 1 Juventude

Campeonato Gaúcho 2024 – Semifinal – Jogo de volta Data: 25/03/2024 Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS) INTERNACIONAL: Rochet, Bustos, Vitão (Robert Renan, 50’/2ºT), Mercado e Renê; Aránguiz (Bruno Gomes, 39’/2ºT), Bruno Henrique (Enner Valencia, Intervalo), Maurício e Alan Patrick; Wanderson e Lucca (Rômulo, 32’/2ºT). Técnico: Eduardo Coudet JUVENTUDE: Gabriel, Rodrigo Sam, Danilo Boza (Pará, 12’/1ºT depois Kelvi Gomes, 36’/2ºT)), Zé Marcos e Alan Ruschel; Jadson, Caíque e Jean Carlos (Nenê, 23’/2ºT); Gilberto, Edson Carioca (Rildo, 23’/2ºT) e Lucas Barbosa (Kleiton, 36’/2ºT). Técnico: Roger Machado Gols: Zé Marcos, 30’/1ºT (0-1); Renê, 9’/2ºT (1-1) Árbitro: Anderson Daronco Assistentes: Michael Stanislau e Fagner Bueno Cortes

VAR: Daniel Nobre Bins Cartão Amarelo: Rodrigo Sam, Zé Marcos, Nenê, Caíque (JUV); Mercado (INT) Cartão Vermelho: Maurício (30’/2ºT),

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE