Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Inter e os maiores jejuns de títulos estaduais no Brasil

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Inter e os maiores jejuns de títulos estaduais no BrasilFoto: Reprodução

Sem ganhar o Campeonato Gaúcho desde 2016, o Internacional fracassou mais uma vez no Estadual e foi eliminado pelo Juventude, nos pênaltis, na semifinal da edição 2024, chegando a 8 anos de jejum na competição. Assim, atingiu seu maior tempo de fila no Gauchão, superando a marca de 7 anos, entre 1962 e 1968.

No Campeonato Gaúcho, o Grêmio chegou a ficar 12 anos sem títulos (entre 1936 e 1946) e 8 anos, recentemente, entre 2010 a 2018. No século 21, entre os 13 grandes clubes do Brasil, o maior jejum é do São Paulo, que ficou 16 anos sem títulos entre 2005 e 2021.

Pegando a listados clubes que estão nas Séries A e B do Brasileirão, o jejum do Inter está entre os maiores. Mas o líder é o Red Bull Bragantino, campeão paulista pela primeira e última vez 1990. O time de Bragança Paulista, porém, segue na disputa em 2024 e pode encerrar essa fila. Assim como o Juventude, campeão em 1998, que está na final do Gauchão e podendo acabar com o jejum de 25 anos.

Entre os grandes, além do Inter, o Vasco também chegou ao 8º ano sem ganhar o título Carioca. O Santos, que está sem vencer o Paulistão desde 2016, também, ainda tem possibilidade de ser campeão agora em 2024.

Maiores jejuns de títulos estaduais no Brasil entre os clubes das Séries A e B do Brasileirão: 33 anos – Red Bull Bragantino (SP) * 25 anos – Juventude (RS) * 19 anos – Vila Nova (GO) 10 anos – Ituano (SP) 9 anos – Operário Ferroviário (PR) 8 anos – América (MG) 8 anos – Internacional (RS) 8 anos – Vasco (RJ) 7 anos – Santos (SP) * 6 anos – Botafogo (RJ) 6 anos – Goiás (GO) 6 anos – Vitória (BA) * 5 anos – Ceará (CE) * 5 anos – Corinthians (SP) 4 anos – Chapecoense (SC) 4 anos – Cruzeiro (MG) * 3 anos – São Paulo (SP) * Estão na disputa pelo título estadual em 2024

Entre os considerados 13 grandes do país, o jejum do Inter atual está longe de ser o maior. O recorde ainda é o do Corinthians, que ficou 23 anos sem ganhar o Paulistão entre 1954 e 1977, seguido pelo Santos, que em 2006 encerrou uma fila de 22 anos.

Maiores jejuns de títulos estaduais entre os 13 grandes do Brasil: 23 anos – Corinthians (1954 a 1977) 22 anos – Santos (1984 a 2006) 21 anos – Botafogo (1968 a 1989) 20 anos – Santos (1935 a 1955) 18 anos – Botafogo (1912 a 1930) 17 anos – Palmeiras (1976 a 1993) 16 anos – São Paulo (2005 a 2021) 13 anos – Botafogo (1935 a 1948) 13 anos – São Paulo (1957 a 1970) 12 anos – Fluminense (1924 a 1936) 12 anos – Flamengo (1927 a 1939) 12 anos – São Paulo (1931 a 1943) 12 anos – Grêmio (1932 a 1946) 12 anos – Vasco (1958 a 1970) 12 anos – Palmeiras (1996 a 2008) 12 anos – Vasco (2003 a 2015) 12 anos – Palmeiras (2008 a 2020) 11 anos – Atlético-MG (1915 a 1926) 11 anos – Bahia (2001 a 2012) 10 anos – Corinthians (1941 a 1951) 10 anos – Cruzeiro (1945 a 1956) 10 anos – Cruzeiro (1930 a 1940) 10 anos – Fluminense (1985 a 1995) 10 anos – Fluminense (2012 a 2022) 9 anos – Vasco (1936 a 1945) 9 anos – Flamengo (1944 a 1953) 9 anos – Botafogo (1948 a 1957) 9 anos – Palmeiras (1950 a 1959) 9 anos – Grêmio (1968 a 1977) 9 anos – Botafogo (1997 a 2006) 8 anos – Corinthians (1912 a 1920) 8 anos – Flamengo (1955 a 1963) 8 anos – Fluminense (1951 a 1959) 8 anos – Grêmio (2010 a 2018) 8 anos – Internacional (2016 a 2024)

 

 

Para fazer parte da nossa comunidade, acompanhe a Placar nas mídias sociais.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE