Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Com Tite, Flamengo tem menor média de gols sofridos nos últimos 10 anos

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Com Tite, Flamengo tem menor média de gols sofridos nos últimos 10 anosFoto: Reprodução

O Flamengo do técnico Tite vem demonstrando um impressionante sistema defensivo nesta temporada. Sob o comando do ex-treinador da seleção brasileira, o rubro-negro não sofreu gol no Estadual em 11 partidas. O único sofrido pelo clube no campeonato foi contra o Nova Iguaçu, quando a equipe foi dirigida pelo interino Mário Jorge, já que o time principal do Fla estava disputando amistosos nos Estados Unidos.

Nessa excelente série do time, o goleiro Rossi chegou a marca de 965 minutos sem levar gol e quebrou um recorde antigo do goleiro Cantarelli, que ficou 959 minutos sem ser vazado entre 1978 e 1979. A sequência de 11 jogos do Fla de 2024 é também a maior do clube em sua história.

Entre os clubes da Série A do Brasileirão de 2024, o Flamengo é o time que mais precisa de chutes para ser vazado nesta temporada, segundo os dados do SofaScore. Isso em jogos oficiais, onde o time levou apenas um gol. Para isso, levou 99 finalizações no gol e foi vazado apenas uma vez. O segundo time na lista é o Criciúma, muito atrás, com 20,7 finalizações para sofrer um gol, seguido por Athletico-PR (19,3), Internacional (15,9), Juventude (15,4) e Atlético-MG (13,5). O Fluminense, rival do Fla na semifinal, a média é de 12,1.

Desde que chegou ao Flamengo, no final de 2023, Tite já comandou o time em 25 jogos, contando os dois amistosos da pré-temporada de 2024. Nesse período, o clube levou apenas 12 gols, tendo uma ótima média de 0,48 gol sofrido por jogo. O número é o menor de um técnico rubro-negro nos últimos 10 dez anos.

Com Jorge Sampaoli, antecessor de Tite, a média do Fla era de 1,05 gol sofrido por partida. Com Jorge Jesus, técnico que teve maior destaque pelo clube nos últimos anos, a média foi de 0,82.

Média de gols sofridos pelo Flamengo, por treinador, nos últimos 10 anos:

0,48 – Tite (2023-2024) 12 gols sofridos em 25 jogos

0,58 – Dorival Júnior (2018) 7 gols sofridos em 12 jogos

0,65 – Paulo César Carpegiani (2018) 11 gols sofridos em 18 jogos

0,74 – Maurício Barbieri (2018) 29 gols sofridos em 39 jogos

0,80 – Muricy Ramalho (2016) 21 gols sofridos em 26 jogos

0,82 – Jorge Jesus (2019-2020) 47 gols sofridos em 57 jogos

0,83 – Dorival Júnior (2022) 35 gols sofridos em 42 jogos

0,84 – Reinaldo Rueda (2017) 26 gols sofridos em 31 jogos

0,86 – Renato Gaúcho (2021) 32 gols sofridos em 37 jogos

0,86 – Abel Braga (2019) 24 gols sofridos em 28 jogos

0,88 – Vanderlei Luxemburgo (2014-2015) 52 gols sofridos em 59 jogos

0,91 – Paulo Sousa (2022) 29 gols sofridos em 32 jogos

0,94 – Zé Ricardo (2016-2017) 84 gols sofridos em 89 jogos

1,05 – Jorge Sampaoli (2023) 41 gols sofridos em 39 jogos

1,17 – Oswaldo de Oliveira (2015) 55 gols sofridos em 45 jogos

1,22 – Rogério Ceni (2020-2021) 55 gols sofridos em 45 jogos

1,27 – Cristóvão Borges (2015) 23 gols sofridos em 18 jogos

1,33 – Vítor Pereira (2023) 24 gols sofridos em 18 jogos

1,50 – Domenèc Torrent (2020) 36 gols sofridos em 24 jogos

 

Para fazer parte da nossa comunidade, acompanhe a Placar nas mídias sociais.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE