Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Atlético-MG abre vantagem, mas Cruzeiro empata no fim pela final do Mineiro

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Cruzeiro foi buscar o empate diante do Atlético-MG na final do Campeonato Mineiro –Foto: Pedro Souza / Atlético

Nos acréscimos, o Cruzeiro foi buscar o empate por 2 a 2 no jogo de ida da final do Campeonato Mineiro, diante do Atlético-MG, na Arena MRV. Assim, no primeiro tempo, o Galo, que contou com a estreia do técnico Gabriel Milito, abriu a vantagem de dois gols, com Bruno Fuchs e Hulk, enquanto Jemerson (contra) e Dinneno deixou tudo igual, aos 49 da segunda etapa, de cabeça.

O jogo de volta está marcado para o próximo domingo (7), às 15h30 (de Brasília), no Mineirão. Dessa forma, assim como no jogo de ida, o confronto terá torcida única, desta vez, da Raposa. O time da Toca da Raposa tem a vantagem por dois resultados iguais e poderá ser campeão com mais um empate. O Galo, por sua vez, ficará com o título se vencer.

Jogada plástica

Logo aos 7, Bruno Fuchs recebeu na ponta esquerda e fez uma bela jogada ao passar fácil por Marlon e Romero. Assim, ao entrar na área, o defensor finalizou por baixo de Rafael Cabral e abriu o placar na Arena MRV.

Goleador nato

O Atlético, empurrado pela torcida, teve liberdade para construir as jogadas, com tranquilidade. Na Raposa, Matheus Pereira tentava acionar a dupla de ataque, porém parou na grande atuação do sistema defensivo atleticano. Em rápida movimentação, Hulk recebeu nas costas dos zagueiros, driblou Rafael Cabral e ampliou o marcador.

Pressão atleticana

Na estreia do técnico Gabriel Milito, o Galo fez um primeiro tempo perfeito. Além de ter ido ao vestiário com a vantagem de dois gols, poderia ter ampliado ainda mais o resultado. Hulk cobrou falta na área, e Jemerson apareceu sozinho, entretanto mandou para a linha de fundo. Paulinho também teve a chance ao ficar de cara para Rafael Cabral, mas também não acertou o alvo.

Contra o patrimônio

No primeiro ataque do Cruzeiro no segundo tempo, a defesa adversária se atrapalhou, e Jemerson marcou, contra. Machado roubou a bola de Igor Gomes no ataque e tocou para Dinenno. O atacante acionou Matheus Pereira, que dividiu a bola com os zagueiros. A bola tocou no camisa 34 e encobriu Everson.

Raposa tenta bote

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou melhor e, depois de descontar, foi em busca do empate. William fez bom lançamento para Arthur Gomes, que dividiu com Everson, mas o goleiro levou a melhor. Dessa forma, em rápido contra-ataque celeste, Marlon encontra Matheus Pereira, que finaliza prensado com Jemerson, o que facilita a defesa do arqueiro atleticano.

O jogo teve requintes de emoção na reta final. João Marcelo, aliás, recebe no meio-campo e encontrou o camisa 10 da Raposa para finalizar firme e levar perigo ao gol de Everson. Na sequência, William errou o cruzamento, mas acertou o travessão.

Tudo igual na Arena MRV

No fim, o Cruzeiro lutou bravamente e conseguiu deixar tudo igual. João Marcelo, com liberdade, cruzou na medida para Dinenno, que desta vez não desperdiçou e cabeceou para o fundo da rede.

ATLÉTICO 2 X 2 CRUZEIRO

Campeonato Mineiro – Final – jogo de ida Data e horário: 30/03/2024, às 16h30 (de Brasília) Local: Arena MRV, em Belo Horizonte (MG) Gols: Bruno Fuchs 7’/1ºT (1-0); Hulk 25/1ºT (2-0); Jemerson (contra) 3’/2ºT (2-1); Dinenno 49’/2ºT (2-2) ATLÉTICO: Everson; Saravia (Alan Franco 48’/2ºT), Bruno Fuchs, Mauricio Lemos (Mariano 32’/2ºT), Jemerson e Guilherme Arana; Rodrigo Battaglia, Matías Zaracho (Alisson 32’/2ºT), Igor Gomes (Edenilson 9’/2ºT); Paulinho e Hulk (Gustavo Scarpa 48’/2ºT). Técnico: Gabriel Milito CRUZEIRO: Rafael Cabral; William, Neris, João Marcelo. Lucas Villalba (Zé Ivaldo – intervalo) e Marlon (Barreal 40’/2ºT); Lucas Romero (Lucas Silva 27’/2ºT), Machado (Cifuentes 30’/2ºT) e Matheus Pereira; Arthur Gomes (Matheus Vital 40’/2ºT) e Dinenno. Técnico: Nicolás Lacarmón Árbitro: Felipe Fernandes de Lima Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira e Magno Arantes Lira VAR: Emerson de Almeida Ferreira Cartões Amarelos: Igor Gomes, Hulk, Battaglia e Maurício Lemos (CAM) / Marlon, Dinenno, Machado, Matheus Pereira e Lucas Romero (CRU) Cartões Vermelhos:

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE