Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Atlético-GO vence o Vila Nova no OBA e fica perto do título goiano

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!
Atlético-GO vence o Vila Nova no OBA e fica perto do título goianoFoto: Divulgação/Atlético-GO

O Atlético-GO colocou uma mão e meia na taça de campeão goiano. Neste domingo (31), o Dragão superou um estádio OBA lotado e, graças a gols de Luiz Fernando (foto) e Alix, venceu o Vila Nova por 2 x 0. O resultado positivo, o 14º consecutivo de uma temporada, até aqui, brilhante, deixa o time comandado pelo técnico Jair Ventura há apenas um empate ou até mesmo uma derrota por um gol, no Antônio Accioly, para conquistar o tricampeonato do torneio.

Atlético-GO supera desfalque surpresa, faz 1º tempo brilhante e conquista boa vantagem

Minutos antes da bola rolar e o técnico Jair Ventura, do Atlético-GO, recebeu uma péssima notícia. O volante Roni, que chegou ao clube emprestado pelo Corinthians e na condição de titular, sentiu um problema muscular e teve de ser substituído às pressas por Rhaldney. A mudança técnica, porém, não mudou em nada a qualidade técnica do Dragão que, mesmo em um estádio OBA lotado por torcedores do Vila Nova, faria um primeiro tempo digno de nota dez.

Mesmo que tivesse sido de João Vitor, do Vila, a primeira grande chance de gol do jogo, só deu Atlético-GO. O gol perdido por Alejo Cruz, logo na sequência, já era retrato de um Dragão que controlava os espaços e sabia por onde atacar o arquirrival. Aos 28, o gol já saiu e logo com um dos craques do campeonato. Luiz Fernando recebeu bom passe na entrada da área e, de perna esquerda, chutou no canto do goleiro Dênis Júnior.

O gol do ídolo do Atlético-GO esfriou o calor do jogo e deu ao Dragão aquilo que precisava e tanto queria: uma vantagem na casa do rival que, naturalmente, se sentiria mais pressionado à buscar a reação. Porém, quando a fase é brilhante, tanto na parte individual quanto coletiva, tudo conspira à favor. Este é o caso do zagueiro Alix Vinícius que, aos 37, aproveitou falta cobrada por Shaylon para ampliar a vantagem no marcador. Já são incríveis cinco gols anotados pelo defensor no ano.

Dragão administra o 2º tempo, celebra vitória e sente título muito próximo

As entradas do zagueiro Anderson Conceição e do atacante Juan Christian não mudaram o Vila Nova no 2º tempo. Em desvantagem considerável, o Tigre revia o fantasma da semifinal contra a Aparecidense, mas com o agravante de estar sendo derrotado em casa. O chute forte de Bruno Matias, logo aos 10 minutos e que obrigou Ronaldo a fazer boa defesa foi muito pouco para o time do técnico Márcio Fernandes que, mais uma vez, foi inferior ao Atlético-GO.

Por muito pouco, o Dragão não conseguiu fazer o terceiro gol e praticamente matar a decisão logo na partida de ida. Shaylon e Emiliano Rodríguez, por exemplo, carimbaram o travessão do goleiro Dênis Júnior. O mesmo Rodríguez, com Alejo Cruz e Vagner Love, obrigaram o arqueiro rival a fazer belas defesas, que poderiam até indicar uma goleada.

Cenários para o jogo da volta da Final do Goianão

O Campeonato Goiano 2024 termina no próximo domingo (7), às 16h, no estádio Antônio Accioly, a casa do Atlético-GO. O Dragão, vencedor do torneio em 2022 e 2023, está muito perto de conquistar o tricampeonato. Para dar a volta olímpica, basta o time do técnico Jair Ventura vencer novamente o rival ou segurar um empate. Uma derrota por um gol de diferença também serve para celebrar o título. Ao Vila Nova, a missão é ingrata. Sem vencer o torneio desde 2006 e já vice-campeão em 2021 para o Grêmio Anápolis, o Tigre precisa vencer por dois gols para forçar os pênaltis ou três para ser campeão.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE