Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Grêmio se sensibiliza com Suárez e já prepara ambiente para aposentadoria

Grêmio se sensibiliza com Suárez e já prepara ambiente para aposentadoria
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

(UOL/FOLHAPRESS) – O Grêmio não foi pego de surpresa com o comunicado de Suárez, que pretende antecipar sua aposentadoria. Nesta terça-feira (20), relatos colhidos pelo UOL mostram que o clube gaúcho de alguma forma já esperava a decisão do uruguaio por perceber as dificuldades enfrentadas por ele. Sensibilizado, o time ticolor reconhece o profissionalismo do atacante de 36 anos e quer tratar o tema da melhor forma possível, mas se protege contra um eventual retorno aos gramados.

O QUE ACONTECEU

Suárez informou ao Grêmio que pode antecipar sua aposentadoria, como informado pelo UOL nesta terça.

Nos bastidores, o clube já esperava por esta decisão, pois o jogador não consegue participar de grande parte dos treinamentos e sofre para se recuperar fisicamente após os jogos. Uma reunião nos próximos dias irá definir os próximos passos.

Suárez busca um acordo com o Grêmio para romper o contrato que vai até o fim de 2024. A razão para isso é uma artrose no joelho direito que prejudica suas ações em jogos e treinos e impacta até na vida pessoal. O local passa por tratamento desde a chegada a Porto Alegre.

Renato Gaúcho, técnico do time, já tem a decisão de Suárez como uma certeza, resta apenas saber quando que ele decidirá parar.

A direção do clube se sensibilizou com o momento vivido pelo atleta e tratará do tema da forma mais discreta possível.

O Grêmio já está em contato com empresas que foram parceiras na contratação do jogador para viabilizar o rompimento dos contratos. Além disso, os departamentos de marketing e jurídico estão focados no impacto que a aposentadoria terá nos acordos firmados.

No desligamento, o clube não abre mão de uma cláusula de indenização caso ele volte a atuar profissionalmente. O Inter Miami, time de Messi nos Estados Unidos, está de olho em Suárez.

Procurado pela reportagem, o estafe de Suárez preferiu não se manifestar.

“Ele reclama de dores, falou comigo, que sobrecarrega a perna, vai no sacrifício. Se acontecer isso [aposentadoria], vai ser uma perda muito grande para nós. Tivemos um ótimo entrosamento, é um grande jogador. Mas em primeiro lugar vem a saúde. Ele tem uma carreira belíssima e tem que ter o maior cuidado para não agravar essa lesão. Sobre aposentadoria ele nunca comentou, só nos treinos ele para, fala que está com dor, ele sempre treinou bem e tentado ajudar”, disse Bitello, meio-campista do Grêmio, à Rádio Bandeirantes.

IMPACTO NA VIDA PESSOAL

Suárez suportou as dores o máximo possível, mas tomou a decisão de antecipar o fim da carreira quando percebeu que o quadro impactava na sua vida pessoal. Ele estava com dificuldades de conviver em família, brincar com os filhos.

Segundo relatos ouvidos pela reportagem, Suárez tinha dificuldades para se deslocar após os jogos e precisou ser amparado ou carregado algumas vezes. O ponto alto da dor veio no jogo contra o Flamengo, quando mal conseguia caminhar após a partida.

Nos treinamentos, sua participação sempre foi medida e o problema tem se agravado com a sequência de partidas da temporada.

PROFISSIONALISMO E TRISTEZA

Ainda nos bastidores do Grêmio, o profissionalismo de Suárez voltou a receber elogios. Ele tentou suportar as dores e sempre entrou em campo se entregando ao máximo nos jogos.

A notícia causou tristeza no grupo de jogadores. Mesmo sem ser tão falante, Suárez rapidamente virou líder do elenco pelo exemplo durante atividades e partidas.

Nos gabinetes, além de gerir o desligamento legal do jogador, o clube já trabalha no mercado da bola atrás de um substituto que deve chegar na próxima janela de transferências.

Leia Também: Saiba o que será leiloado nesta quinta em evento organizado por Neymar

Fonte: ig.com.br
Artigo extraído do site IG.com.br

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE