Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Novo SUV compacto da Toyota busca classificação alta no NCAP

Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Novo SUV compacto da Toyota busca classificação alta no NCAP

A Toyota e sua parceira Suzuki não estão felizes com os recentes resultados do Latin NCAP, que rebaixou o Yaris para uma estrela e zerou modelos como Swift e Baleno. Como se sabe, as regras do instituto mudaram e ficaram mais exigentes.

De olho nisso, lá na Índia, Toyota e a divisão local da Suzuki, a Maruti, estariam focando suas atenções na segurança do novo SUV compacto comum, que está sendo desenvolvido localmente e que chegará a mercados da América Latina.

Segundo fontes envolvidas no projeto, o foco é ter alta classificação tanto no Global NCAP, que atua na região da Índia e Sudeste Asiático, quanto no Latin NCAP. Outro motivo é que Tata Motors e a Mahindra chegaram às 4 e 5 estrelas nos testes.

O projeto do novo SUV compacto da Toyota envolve um carro com 4,30 m de comprimento, que justifique cobrar mais, para enfrentar produtos como Hyundai Creta, Kia Seltos, Renault Duster, VW Taigun, MG Astor, Nissan Kicks e Skoda Kushaq.

Além disso, sua plataforma será a DNGA da Daihatsu, o que em termos práticos, parece mais adequada a atuar também no Mercosul. O motivo principal é a redução de custos, mas se observarmos bem, o projeto indiano tem mais a ver com Brasil que o japonês Raize.

SUV maior no Brasil?

Novo SUV compacto da Toyota busca classificação alta no NCAP

Como já se sabe, a filial brasileira da Toyota se interessou pela DNGA da Daihatsu, mostrada na forma do conceito DN Trec e materializada no Rocky, assim como no Raize. No entanto, estes últimos têm um problema: tamanho.

Seus 4,00 m de comprimento e com porta-malas de 320 litros, o fazem competir com o Fiat Pulse, o que seria ótimo para o mercado, se a Toyota buscasse por volume, o que não é o caso.

A montadora quer ampliar a produção nacional, é verdade, mas não atuar na mesma faixa de preço do “popular” de Betim. Valor agregado elevado é a alma do negócio da Toyota e ninguém vai querer pagar R$ 130.000 pelo Raize.

Então, faz mais sentido ter um produto de 4,30 m para brigar com modelos acima, como o Creta, Renegade, T-Cross e Tracker, players que custam mais e dominam o Top 10 do mercado.

Nesse caso, a receita indiana parece mais interessante que tentar fazer o mesmo com o Raize. Um SUV maior que o Yaris Cross e inspirado nele, teria maior apelo entre os consumidores, especialmente com bagageiro e espaço interno mais generosos.

[Fonte: Cartoq]

 

© Noticias Automotivas. A notícia Novo SUV compacto da Toyota busca classificação alta no NCAP é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE