Técnico do Manchester United censura jornalistas em coletiva

Erik ten Hag está pressionado no cargo – Foto: Con Chronis/AFP via Getty ImagesCon Chronis/AFP via Getty Images

Pressionado em seu cargo no Manchester United, o técnico Erik ten Hag censurou a participação de três veículos de imprensa ingleses na entrevista coletiva desta sexta-feira (26). Profissionais dos jornais ‘The Sun’, ‘The Mirror’ e ‘Manchester Evening News’ foram avisados no início da coletiva de que não teriam direito a fazer perguntas, embora tenham acompanhado a entrevista.

Isto porque o treinador do United ficou insatisfeito com as críticas dos três veículos após a partida da semifinal da Copa da Inglaterra. Na ocasião, o clube de Manchester vencia o Coventry, da segunda divisão inglesa, por 2 a 0, mas viu o adversário alcançar o empate e quase virar o jogo na prorrogação.

Apesar da vitória nos pênaltis e a vaga na final contra o City, o United recebeu críticas pelas dificuldades contra o Coventry. Dessa maneira, Ten Hag considerou as análises de três veículos como “embaraçosas” e “uma vergonha”.

Além disso, esta não é a primeira vez que Erik ten Hag censura jornalistas no Manchester United. No início da temporada, o treinador impediu a participação de quatro veículos de imprensa em entrevistas coletivas do clube. Na ocasião, o técnico alegou que os Red Devils não tinham o direito de responder a matérias consideradas negativas.

LEIA MAIS: Barcelona pune três torcedores detidos por racismo em Paris

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!