Internacional anuncia a contratação da atacante Chú Santos

Internacional anuncia a contratação da atacante Chú SantosFoto: Divulgação / Internacional

O Internacional, nessa quinta-feira (4), dia em que completou 115 anos, anunciou a contratação de Chú Santos. A atacante de 34 anos esteve no Palmeiras antes de desembarcar no Beira-Rio. Ela assinou com o clube gaúcho até dezembro de 2024.

A atleta comunicou a sua saída do alviverde no dia final de março. Em seu Instagram, Chú Santos confirmou que o seu contrato com os paulistas havia se encerrado. Apesar dela ter terminado seu vínculo com os palmeirenses somente neste ano, a jogadora não entrava em campo desde 14 de agosto de 2022, coincidentemente quando enfrentava o Grêmio, maior adversário do Colorado. O motivo de estar longe dos gramados por tanto tempo foi uma lesão no joelho esquerdo.

+ Para saber tudo sobre o Internacional, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

A atacante chegou ao Palmeiras em 2021. Disputou 50 jogos, marcou nove gols e conquistou a Copa Paulista, no ano em que desembarcou no Allianz Parque, e a Copa Libertadores e o Paulistão, em 2022.

Além de estar chegando às Gurias Coloradas e ter passagem pelas Palestrinas, Chú Santos construiu a sua carreira jogando por clubes relevantes dentro do cenário nacional e mundial do futebol feminino, como Santos, Centro Olímpico, São José-SP, Corinthians, Ferroviária, Fortuna Hjørring, da Dinamarca, e Changchun Dazhong, da China.

Embora tenha obtido destaque na sua trajetória profissional, Chú Santos também buscou ter uma marca negativa para si. Há quase três anos, ela publicou em seu Facebook um comentário ofensivo contra Paulo Gustavo. O conteúdo da postagem foi composto por homofobia, intolerância religiosa e preconceito pelo fato dele ser ator e humorista. O artista morreu em 4 de maio de 2021.

Em uma publicação feita cinco dias depois do seu falecimento, com o intuito de atacá-lo, a atleta fez uma comparação entre ele e o ex-cantor gospel e ex-político Irmão Lázaro, que, em março daquele ano, e assim como o artista, teve a sua morte ocorrida em decorrência da Covid-19. Segundo ela, Lázaro, por ser “evangélico, cantor gospel e servo de Deus” iria para o paraíso, e Paulo Gustavo, em razão de ser “umbandista, ator e homossexual” iria para o inferno.

Naquela época, a repercussão foi enorme, inclusive, mobilizando inúmeros amantes de futebol e muitas jogadoras a refutar a fala preconceituosa de Chú Santos. Se posicionaram contra ela atletas de destaque como Marta e Cristiane. Posteriormente, a atacante usou as suas redes sociais para pedir desculpa pela manifestação ofensiva.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!