City vence Nottingham e não desgarra do líder Arsenal

Julian Alvarez, do City (de branco) tenta passar pela marcação de Hudson-Odoi, do Nottingham Foto: Justin Tallis/AFP via Getty Images

O Manchester City não fez um bom jogo neste domingo (28/4), diante do Nottingham Forest, no City Ground. Afinal, foi dominado pelo time da casa boa parte do tempo e viu o rival perder uma série de grandes oportunidades. Mas, no futebol, a eficácia faz a diferença. Afinal, enquanto o Nottingham desperdiçava chances, os Citizens mandaram a bola para dentro. Assim, venceu este jogo válido pela 35ª rodada do Inglês por 2 a 0. Gvardiol e Halland, um em cada tempo, marcaram os gols.

Desse modo, o City vai aos 79 pontos, um atrás do líder Arsenal. Mas os Citizens têm um jogo a menos. Seguem muito bem na briga pelo tetracampeonato. Já o Nottingham segue em posição muito complicada. Com 26 pontos, é apenas o 17º, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Mas somente um ponto à frente do primeiro dentro, o Luton Town.

Veja a qui tabela de classificação da Premier League

Visitantes na frente

O City teve bom volume de jogo nos primeiros minutos. Assim, apesar do Nottingham buscar o ataque, as primeiras boas oportunidades foram dos visitantes, que saíram na frente com Gvardiol, aos 31. O lateral escorou escanteio da esquerda se antecipando aos marcadores na primeira trave para fazer 1 a 0. O gol levou o Nottingham ao ataque e o time teve duas chances claras. Uma de Chris Wood, que furou um cruzamento quando estava na pequena área e com o goleiro Ederson batido. E uma do ex-Corinthians Murillo, que tentou de calcanhar após sobra de escanteio. Mas a bola passou por cima.

Nottingham em cima. Mas quem marca é o City

Veio o segundo tempo e nos primeiros 20 minutos só deu Nottingham, que teve pelo menos quatro oportunidades para empatar, a melhor desperdiçada por Chris Wood. O City só foi assustar para valer num chute de fora da área de De Bruyne em que o goleiro Sels voou e mandou para escanteio. Aliás, foi o Nottingham frear o ritmo para os visitantes passarem a dominar. Para piorar, Murillo sentiu uma lesão e tentou ficar no sacrifício. Não foi uma boa. Aos 26, De Bruyne tocou para Haaland (começou no banco e entrara pouco antes). O norueguês ganhou do brasileiro e fez 2 a 0. Murillo saiu quase em seguida, machucado. O City passou a cadenciar o jogo e o time da casa, desanimado, não teve mais força ofensiva. Enfim, triunfo do time de Guardiola.

Jogos da 35ª rodada do Campeonato Inglês

Sábado (27/4) West Ham 2×2 Liverpool Wolverhampton 2×1 Luton Town Fulham 1×1 Crystal Palace Newcastle 5×1 Sheffield United Manchester United 1×1 Burnley Everton 1×0 Brentford Aston Villa 2×2 Chelsea Domingo (28/4) Bournemouth 3 x 0 Brigthon Tottenham 2 x 3 Arsenal Nottingham Forest 0x2 Manchester City

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Fonte: www.canalrural.com.br
O conteúdo acima foi originalmente publicado no CanalRural e indexado ao Alta Notícias

COMPARTILHE!