Neymar é liberado pelos médicos e volta a treinar com os companheiros do PSG

O atacante Neymar está cada vez mais próximo de voltar a defender o Paris Saint-Germain. Nesta terça-feira, o clube francês anunciou que o brasileiro já não fará mais trabalhos físicos isolados e que trabalhará ao longo da semana com os demais companheiros. Mesmo com futuro indefinido, o astro está nos planos do técnico Luis Enrique.

Cinco meses após passar por cirurgia no tornozelo, o brasileiro se reapresentou na semana passada, mas realizando somente trabalhos físicos individuais. De acordo com a imprensa francesa, o brasileiro se apresentou acima do peso e teria de dobrar a carga de exercícios.

Agora, o clube divulgou novo boletim médico no qual aponta evolução no tratamento. “Depois de participar de treinos individuais em campo na semana passada, Neymar Jr. deve participar parcialmente de treinos coletivos nesta semana”, informou o clube.

Nesta terça-feira, o brasileiro até já participou do aquecimento com o grupo. Nas atividades, conversou bastante com o zagueiro e compatriota Marquinhos. As cobranças da torcida no fim da temporada passada pareciam não assustar e o semblante era de felicidade.

Com mais dois anos de contrato na França, Neymar não esconde que o desejo é o de permanecer. Ao menos nas palavras, já que seus agentes o ofereceram ao Barcelona. Mas o clube espanhol não se interessou por um regresso. Renovando todo o elenco, o Chelsea aparece como outro provável destino, desde que os ingleses aceitem os termos financeiros impostos pelo PSG.

Sem jogar desde 19 de fevereiro, Neymar corre contra o tempo para estar na abertura da temporada europeia. O Paris Saint-Germain fará quatro amistosos antes de estrear no Campeonato Francês, dia 13 de agosto, contra o Lorient, no Parque dos Príncipes. Os testes serão diante de Le Havre, Al-Nassr, Cerezo Ozaka e Inter de Milão.

Leia Também: Suárez está disposto a devolver R$ 48 mi ao Grêmio para jogar nos EUA, diz imprensa uruguaia

 

COMPARTILHE!