Polícia usa helicóptero para resgatar esportista pendurado na Pedra da Gávea, no Rio

BRUNA FANTTI
RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Com o uso de helicóptero, a Polícia Civil resgatou neste sábado (24) um praticante de basejump que se chocou contra a Pedra da Gávea, localizada na zona oeste do Rio de Janeiro.

Uma equipe da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) realizava um treinamento quando foi informada que um homem estava pendurado em uma encosta de mais de 100 metros de parede vertical. A vítima fraturou as pernas no acidente.
Segundo os bombeiros, o esportista sofreu várias outras lesões, mas seu estado de saúde era estável. Ele é militar do Exército e não quis ter o nome divulgado.

O resgate foi realizado com o auxílio de um helicóptero, mas não foi possível levar a vítima para o interior da aeronave.

“Os policiais se equiparam, tripularam a aeronave e partiram para o local do fato. Chegando lá, constataram que seria um resgate extremamente difícil, pois o paraquedista estava preso em uma pequena moita na parede, à beira do precipício. Um simples vento das hélices poderia derrubá-lo”, afirmou o delegado Fabrício Oliveira.

Assim, um policial foi amarrado a uma corda que estava presa ao helicóptero, e a vítima foi entrelaçada ao seu corpo. Um vídeo mostra o momento em que a vítima é levada para o solo.
“A ação foi extremamente arriscada porque a aeronave teve que se manter a menos de um metro da vegetação da encosta e muito próxima às pedras para que o policial pudesse acessar a vítima”, acrescentou o delegado.

De acordo com o Parque Nacional da Tijuca, onde a Pedra da Gávea está localizada, a pedra é considerada o maior monolito à beira mar do mundo, com 844 metros de altura.

Leia Também: Conselheiro Lafaiete registra duas mortes por febre maculosa

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!