Ceará vence Atlético-GO fora de casa e cola no G4 da Série B

Rebaixados juntos em 2022, Atlético-GO e Ceará se reencontraram na noite desta terça-feira, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO), o atual campeão da Copa do Nordeste venceu o campeão goiano por 3 a 0 e colou no G-4 da competição. Vitor Gabriel, Erick e Gabriel Castilho foram os artilheiros da partida.

Com mais três pontos, o Ceará já aparece em sexto lugar, com 19 pontos, um a menos que o Criciúma, quarto colocado com 20, que ainda joga na rodada. O Atlético-GO, por sua vez, segue em viés de baixa, a cinco jogos sem vencer, sendo a segunda derrota seguida por 3 a 0 (perdeu para o Criciúma na última rodada). O clube goiano é o nono, com 16 pontos.

No duelo dos rebaixados do Brasileirão de 2022 começou equilibrado. Tanto o Atlético-GO quanto o Ceará trocavam passes, estudando o adversário para depois agir. Girando a bola o time cearense foi quem saiu na frente no placar. David Ricardo recebeu na esquerda e praticamente da intermediária cruzou na área. O atacante Vitor Gabriel apareceu entre os zagueiros e cabeceou no canto,aos 13 minutos. Por pouco Vítor Gabriel não ampliou minutos depois, mas desta vez Ronaldo defendeu o cabeceio do atacante.

Após o gol, o Atlético-GO começou a ter mais volume de jogo. Buscando usar a altura de seu centroavante, os donos da casa abusaram de alçar bolas na área procurando Gustavo Coutinho. O atacante quando conseguiu finalizar, acabou concluindo por cima do gol. Na reta final, o Ceará tentou ampliar a vantagem, levando perigo em cabeçada de David Ricardo e em chute de Arthur Rezende, ambos defendidos por Ronaldo.

Não demorou muito para o Ceará aumentar sua vantagem. No primeiro minuto do segundo tempo, a bola chegou em Vitor Gabriel que serviu Erick para marcar o segundo gol cearense. O Atlético-GO até buscou a reação imediata, descontando com Heron, porém, o árbitro, após rever o lance no VAR, marcou falta do zagueiro e anulou o tento goiano.

O gol relâmpago e o gol anulado desestabilizaram os donos da casa. O time seguia criando e com presença ofensiva, porém pecava na conclusão. Na reta final, o Ceará fechou o caixão. Janderson foi derrubado na área por Renan. Gabriel Castilho chamou a responsabilidade e marcou o terceiro, aos 38 minutos.

O Atlético-GO até buscou o último suspiro de reação, mas esbarrou no goleiro Richard. Nos acréscimos, o Ceará colocou a bola no chão e administrou o resultado até o apito final.

A dupla volta a campo no sábado, pela 12ª rodada. Às 19h30, o Ceará recebe o CRB, na Arena Castelão, na capital cearense. Mais cedo, às 17h, o Atlético-GO visita o Ituano, no Novelli Júnior, em Itu (SP).

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 3 CEARÁ

ATLÉTICO-GO – Ronaldo; Renan Silva, Emerson Santos, Heron e Jefferson; Renato Alves (Matheus Régis), Bruno Tubarão (Rhaldney) e Shaylon; Kelvin, Luiz Fernando (David Braga) e Gustavo Coutinho (Daniel). Técnico: Alberto Valentim.

CEARÁ – Richard; Warley, Tiago, Gabriel Lacerda (Léo Santos) e David Ricardo; Zé Ricardo (Jonathan), Arthur Rezende, Chay (Gabriel Castilho) e Jean Carlos (Janderson); Erick e Vitor Gabriel (Nicolas). Técnico: Eduardo Barroca

GOLS – Vitor Gabriel, aos 13 minutos do 1º tempo e Erick no primeiro minuto e Gabriel Castilho, aos 38 minutos do 2º tempo.

CARTÃO AMARELO – Rhaldney (Atlético-GO).

ÁRBITRO – Matheus Delgado Candançan (SP).

RENDA – R$ 40.020,00.

PÚBLICO – 2.862 torcedores.

LOCAL – Estádio Antônio Accioly, Goiânia (GO).

Fonte: ig.com.br
Artigo extraído do site IG.com.br

COMPARTILHE!